Memória Cinematográfica

Menu

O Grande Truque

tatianna 3 novembro 2006

Não se trata de um feito enorme e notável, talvez um pouco previsível, mas “O Grande Truque” (“The Prestige”), de Christopher Nolan (“Batman Begins”), pode ser encarado como um quebra-cabeça e diversão na certa.

Baseado na obra de Christopher Priest, o longa-metragem, que estréia nesta sexta-feira, 3, nos cinemas, traz Hugh Jackman eChristian Bale, respectivamente como Robert Angier e Alfred Borden, nos papéis principais. Eles são dois assistentes de um mágico, no século XIX, que depois de um grande desastre resolvem seguir carreira-solo e competir entre eles, na tentativa de criar truques cada vez mais ousados e ainda tentar desvendar o segredo do outro.

Os dois atores, que interpretaram super-heróis no cinema (Hugh Jackman foi Wolverine em “X-Men” e Christian Bale foi Batman, em “Batman Begins”), desenvolvem personagens ótimos, se situam no ambiente proposto do teatro e também das ruas londrinas da época.

Ao lado deles, Michael Caine ajuda os mágicos a inventarem novos truques e a bela Scarlett Johansson é uma das assistentes. É de Caine, aliás, o grande ensinamento: “Todo Grande Truque consiste em três atos: A Promessa, A Virada e O Grande Truque”.

Ele acredita que as pessoas não querem ver, querem ser enganadas. Com imagens escuras e densas, Nolan envolve o espectador do começo ao fim, pois quem está na poltrona também está a fim de ser enganado e este é o grande feito do longa.

Mais Lidas

Veja também