Memória Cinematográfica

Menu

O Búfalo da Noite

Estreia 9 novembro 2007

O escritor mexicano Guillermo Arriaga pode não ser muito conhecido no Brasil por suas obras, mas como roteirista dos filmes “Amores Brutos”, “21 Gramas” e “Babel” ele já é bastante conhecido. E aplaudido. Desta vez é o seu romance “O Búfalo da Noite” (“El Búfalo de la Noche”) que vai para a tela grande roteirizado por ele mesmo, em parceria com Jorge H. Aldana, que foi escolhido por Arriaga para colaborar, de modo a não ficar apenas na sua mão.

O longa-metragem, que estréia no circuito dia 9 de novembro, após participar da 31ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, conta a história do esquizofrênico Gregorio (Gabriel González), que entra e sai de clínicas psiquiátricas porque está sempre vendo coisas e se sentindo perseguido. O rapaz de 22 anos é apaixonado por Tania (Liz Gallardo) e seu melhor amigo é Manuel (Diego Luna). Mas, entre uma internação e outra do companheiro, Manuel não resiste à paixão pela namorada do amigo. Até que os dois começam a namorar e, entre idas e vindas, Gregorio descobre o romance dos dois e se suicida.

Após o trágico desfecho, Manuel descobre coisas que o fazem se sentir péssimo. Então, começa uma nova história, em que participa também a irmã de Gregorio, Rebeca (Camila Sodi), uma moça jovem que teve um rápido namoro com Manuel.

Além de co-escrever o roteiro, Aldana é ainda o diretor da fita e este é o seu primeiro longa, uma vez que em seu currículo só há produções na televisão e curtas. Aldana aponta suas lentes aos personagens, de modo a revelar a esquizofrenia presente não apenas naquele vivido por Gabriel González, mas também nos outros, afinal de contas, todos têm as suas loucuras e fraquezas.

Com a câmera na mão, e a fotografia escura, ele apresenta uma história tensa do começo ao fim, e seus personagens demoram a convencer o espectador, principalmente pela história estranha. Apesar disso, “O Búfalo da Noite” faz parte da programação de cinema mexicano que todos devem conhecer.

 

Veja também